|
Escrito por pedal.com.br/Gustavo Figueiredo

Conversamos com Renata Falzoni e analisamos alguns pontos e fatos sobre deslocamento de bike

23 MAR, 2020 Gustavo Figueiredo

Apesar da recomendação das autoridades ser evitar sair de casa durante a pandemia de coronavírus, a verdade é que, para muitas pessoas, não fazer nenhum tipo de deslocamento é algo simplesmente impossível. Afinal, muitos ainda precisam trabalhar e praticamente todos precisam fazer deslocamentos para comprar alimentos ou medicamentos. Neste caso, a bicicleta pode ser uma ótima opção de transporte, principalmente para evitar a aglomeração e o risco de contágio ligado ao transporte público.

Em resumo: Devo pedalar durante a pandemia de COVID-19 ?
Se você precisa se deslocar, a bicicleta é uma opção melhor do que transportes públicos, pois permite o distanciamento social e o menor contato em superfícies. Mas vale lembrar que a recomendação atual hoje é ficar em casa, evitando o uso recreacional e esportivo por enquanto.

Leia mais: Pandemia do coronavírus - Bicicleta pode ser boa opção de deslocamento
|
Escrito por Bike emagazine.com.br

mar 24, 2020 Competições, Destaque, Último KM

Ciclista na Volta a Portugal 2019

Do Bikemagazine
Foto de divulgação/Paulo Maria

Na Europa, os governos ainda não tomaram um posicionamento unânime a respeito dos ciclistas poderem treinar na rua durante a pandemia coronavírus. Enquanto Itália, Espanha e França endureceram as regras, impedindo as pedaladas, em Portugal a Federação Portuguesa de Ciclismo comunicou aos ciclistas com contrato profissional que eles estão liberados para treinar ao ar livre. Já os demais cidadãos poderão fazer saídas de curta duração para atividade física, sem acompanhante.

Leia mais: Portugal autoriza ciclista profissional a treinar ao ar livre
|
Escrito por Super User

 

Neste sábado, 18/08/2018, o Sítio Serrote, localizado na cidade de Maracanaú/CE, recebeu atletas de mountain bike para o “Desafio 6 Horas Fortnutri de MTB”. O campeão da categoria solo elite foi Felipe Nonato de Miranda, do Rio Grande do Norte, ficando em segundo lugar Italo Cordeiro.

 

O atleta Evandro Medeiros, da Medgon Bikes, que também participou da prova na categoria solo elite, conquistou a terceira colocação. A prova foi marcada por um circuito muito técnico e desafiador, principalmente devido às subidas. Mereceu destaque também a incrível organização do evento e dedicação de Júnior “Cabeção”, o grande idealizador desta prova.

Leia mais: Desafio 6 Horas Fortnutri de MTB