|
Escrito por Super User
Acessos: 391

Gabriel Vargas/Especial para o Bikemagazine
Fotos de divulgação

Motor ganhou mais força (85 Nm) e ficou 300 gramas mais leve e silencioso que o Steps E7000

Gabriel Vargas/Especial para o Bikemagazine
Fotos de divulgação

Com cinco anos no mercado de sistemas para e-bikes, a Shimano deu um novo passo na evolução de seus produtos com o lançamento do novo Steps EP8. A novidade é formada por hardware e software, ou seja, novo motor, novos componentes, novo software e atualizações nos aplicativos de configuração e interação com o usuário.

O EP8 é voltado para ampla gama de aplicações, desde o uso urbano e treking até trilhas pesadas no mountain bike extremo, e torna-se a opção topo de linha da Shimano.

Em relação ao motor anterior, Steps E7000, o novo EP8 é mais potente, com torque de 85 Nm (contra 70 do E7000) e também é 300 gramas mais leve, com 2,6 kg. O menor peso foi alcançado graças à nova carcaça de magnésio, que também ajuda a dissipar melhor o calor e permite melhor manutenção da potência em subidas longas.

O EP8 deve chegar ao mercado em setembro

O novo motor também tem design mais integrado e limpo, com 10% menos volume em seu corpo e com maior vão livre em relação ao solo, se comparado ao anterior E7000. Também é um pouco mais silencioso (2 decibéis, segundo a Shimano) e o sistema pode ser ligado mesmo com a bike já em movimento – antes era necessário parar a bike caso o sistema estivesse desativado.

Um avanço significativo divulgado pela Shimano é a capacidade de entregar mais potência com a mesma autonomia. O arrastado do sistema desligado foi reduzido em 36%, alcançado por meio de um melhor revestimento da superfície das engrenagens e da vedação. Isso, além de tornar a pedalada mais leve e natural mesmo com o motor inativo, também contribui significativamente para a autonomia.

O novo motor também tem design mais integrado e limpo, com 10% menos volume

Há também mudanças nos cabos de conexões, no algoritmo de funcionamento do sistema e nos aplicativos E-tube Project e E-tube Ride, utilizados para configurar todas as opções e acertos do funcionamento do motor, que pode ser amplamente personalizado. Os novos apps estarão disponíveis a partir de 1 de setembro.

Assim, a Shimano volta a estar alinhada com alguns de seus principais concorrentes no segmento de sistemas de alto nível para e-bikes, como Fazua, Bosch e Specialized, que já possuem motores mais compactos, leves e de funcionamento mais refinado.

A nova carcaça é feita em magnésio

O novo EP8 utiliza o mesmo padrão de furação dos motores anteriores e, segundo informações, em breve veremos alguns dos principais fabricantes nacionais mostrando novas bikes já equipadas com o sistema.