|
Escrito por Pedal.com.br/Gustavo Figueiredo
Acessos: 331

Depois de quebrar o dedão do pé, reuni dicas que podem ajudar você a voltar para os pedais depois de se machucar

21 NOV, 2018 Por Gustavo Figueiredo

Apenas um dia depois do GP Ravelli, prova para qual me preparei ao longo de três meses com Cadu Polazzo, sofri um acidente doméstico besta e acabei quebrando o dedão do pé direito. Apesar de ter ficado triste com as férias forçadas - e principalmente por ter que cancelar minhas férias reais - resolvi encarar a situação da forma mais positiva possível, e uma das maneiras de fazer isso é aproveitar para passar minha experiência para vocês.Confira algumas dicas para voltar a treinar no vídeo abaixo e mais informações no texto a seguir!

Na hora da lesão - Primeiros Socorros

O que você faz logo que você se machuca tem influência direta em como você vai se recuperar. Por isso, conversei com a médica Maria do Rosário Pacheco para pegar algumas dicas de primeiros socorros. Vale lembrar que as dicas a seguir são básicas e bem resumidas. O ideal é fazer um curso de primeiros socorros.
Acho que a primeira dica é: viu que deu ruim? Pare! Nós ciclistas temos o estranho habito de seguir em frente mesmo sentindo dor ou claramente lesionados - a gente se lembra daquelas cenas dos monstros do esporte pedalando machucados. Acontece que você não é atleta, não ganha para isso e pedalar com uma lesão tende a piorar as coisas.Mais um detalhe: diferente do Rambo que cauteriza corte com faca quente na floresta, você precisa ir para o hospital o mais rápido possível. Só lá você vai encontrar profissionais capazes de ajudar.

Estiramentos e torções

Apoie a área lesionada em uma posição confortável e aplique compressa gelada para reduzir a dor e o inchaço. É interessante manter a compressa no lugar com uma bandagem e, se a dor for grande demais, leve a pessoa para o hospital assim que possível.

Fraturas

Evite movimentos nas juntas acima e abaixo da fratura e tente manter a pessoa - ou você - o mais parado possível. Para fraturas no braço, utilize uma tipoia, enquanto fraturas na perna podem ser imobilizadas prendendo uma perna na outra. Leve a pessoa imediatamente para um hospital.

Cortes e Ralados

Lave em abundância com água corrente, sabonete. Limpe a sujeira do ferimento de dentro para fora para tirar a sujeira do corte ou ralado. Depois, cubra com gaze estéril. Se o corte for profundo ou apresentar muito sangramento, aplique pressão para estancar, deite o ferido e chame uma ambulância.

Foto 70220

 

Pancadas

A parte do corpo lesionada deve ficar em uma posição confortável. Aplique compressa de gelo envolvido com tecido no local fazendo pressão por 10 minutos.

Batidas na cabeça

Se existe suspeita de lesão no pescoço, evite movimentar a cabeça e chame o resgate. Se a pessoa estiver tonta, confusa ou reclamando de dor crescente na cabeça, vomito ou visão dupla, chame o resgate o quanto antes - a bem da verdade, qualquer pessoa que ficou desacordada, mesmo que seja apenas por alguns instantes, deve ser levada imediatamente para um hospital. Se a pessoa não apresentar nenhum dos sintomas acima, ajude-a a se sentar e utilize uma compressa fria para reduzir o inchaço.

Depois da lesão - Mude seu estado mental na recuperação

Se for para seguir uma e apenas uma dica desse texto, siga esta: Mude seu estado mental, tire seu foco do desempenho e pense em sua recuperação. Depois da lesão, o prejuízo já está feito e sua forma física vai declinar, quer queira você ou não. Não chore pelo leite derramado e nem fique se lamentando - foque suas energias em ficar bom. E reparem que eu escrevi "ficar bom" e não "ficar bom logo", porque o logo não depende de você.As outras dicas deste texto são basicamente derivações dessa, sendo apenas consequência e uma pessoa que mudou seu foco assim que ela se machucou.

Entenda que "ficar bom" é diferente de "ficar bom logo" - o logo não depende de você

 

Você não é o Wolverine

Infelizmente, você não tem poder de cura. Por isso, quando o médico sugerir repouso, faça o repouso indicado e não volta para os treino sem estar devidamente liberado. Embora não seja formado em medicina, é meio obvio que treinar antes de estar plenamente recuperado só vai atrasar sua recuperação. Também não convém criar falsas esperanças que seu corpo vai se recuperar mais rápido do que o do vizinho. Embora isso possa acontecer - e realmente torço para que aconteça - é melhor estar preparado para um cenário ruim que não aconteceu do que enfrentar uma tempestade sem estar preparado.

Não convém criar falsas esperanças que seu corpo vai se recuperar mais rápido do que o do vizinho

 

Você não é o homem elástico

Se o seu tratamento envolve fisioterapia, faça conforme indicado. Diferente do Homem Elástico, você precisa de suas articulações saudáveis para poder treinar e competir tranquilamente. Embora a fisio muitas vezes seja tediosa e dolorosa, encare como um treino que você precisa fazer - mais ou menos como aquele intervalado terrível ou aquele monótono longo em baixa intensidade no rolo.

Cuidado com a comida

Estranhamente, quem treina costuma caprichar mais na dieta justamente quando o corpo está rendendo bem. Quando machucados, tendemos a comer mais por que "nem estou treinando" ou "estou meio depre vou comer uma lata de leite condensado". Lembre-se que, quando você para de treinar, automaticamente você vai gastar menos calorias, então não abuse. No meu caso, mesmo sem ter grande tendência a engordar, acabei ganhando 4kg em três semanas. Se você é mais rechonchudo, o cuidado deve ser redobrado. Se tiver um nutricionista, converse com ele e peça instruções o quanto antes.

Voltando a treinar - Devagar e sempre para ficar rápido

Depois de ficar um tempo parado, com certeza a vontade de sentar na bike e sair arrepiando é grande, mas isso não deve ser feito. Por isso, pedi algumas ficas para o Cadu sobre como devemos agir ao voltar aos treinos depois de passar um tempo paradão.

Mesma frequência, menos volume e intensidade

Segundo explicou Cadu, uma das formas de voltar a treinar é seguir utilizando a mesma frequência que você tinha antes da lesão, mas com um volume por volta de 30 ou 40% do anterior. É fundamental também controlar a intensidade - ela não deve passar do moderado até a quarta semana. Treinos super intensos só devem ser feitos depois da décima semana.

Foto 70219
   Pedro Cury

Evite treinar por batimento cardíaco

Quando paramos de treinar, nosso sangue perde volume plasmático. Com isso, seu coração vai precisar trabalhar mais para bombear a mesma quantidade de sangue - o que vai gerar uma aceleração dos batimentos maior do que o normal. Segundo Cadu, depois de duas semanas de treino, o volume volta ao normal, o que permite utilizar sua frequência cardíaca novamente como referência.

Suas zonas de potência vão diminuir

Com um mês de destreino - que foi o meu caso - as zonas de potência devem cair entre 7 e 10%. Por isso, readapte seu treinamento para manter-se dentro desta nova realidade. .

Galão de gasolina nunca perde o cheiro

Alguns estudos comprovam que um corpo que já teve adaptações fisiológicas que proporcionam um alto rendimento esportivo tende a ganhar forma mais rápido do que um que nunca treinou. Com isso em mente, entenda que seu trabalho anterior não foi "perdido".Segundo o Cadu, depois de um mês parado, o corpo precisa de quatro a cinco meses para recuperar o rendimento anterior. Porém, ele explicou que depois de 8 semanas de treinos de base com foco no volume, recuperamos entre 4 e 5% daqueles 10% que perdemos. Além disso, depois de um período de alta intensidade, é possível fazer um pico de performance em cerca de 16 semanas.

Volte para o ferro

A musculação deve ser retomada juntamente com o treino de bike. Afinal, é de fundamental importância re-fortalecer o corpo. Em um primeiro momento, faça séries de resistência muscular localizada, com séries de 20 a 30 repetições para adaptar tendões e esqueleto fibroso. Depois da adaptação, realize o treinamento de força para poder migrar para os treinos específicos para bikeAbraços!Gustavo "Cebo" Figueiredo - Strava

Parcerias

Cadu Polazzo - Facebook
Care Club - Site Oficial
Seppia Geração de Conteúdo - Site Oficial
GP Ravelli - Site Oficial - Mais informações Etapa Espirito Santo do Pinhal
CIMTB - Site Oficial
Sense Bike - http://sensebike.com.br/" class="linkPedal" target="_blank">Site Oficial
La Maglia uniformes - Site Oficial
ASW Uniformes - Site oficial
PicStock - Site Oficial - Link para fotos do GP Ravelli Pro e GP Ravelli Sport