Início

Escolher usar a bicicleta para se locomover envolve mudanças no estilo de vida e na forma de ver a cidade
14:10 | 17/09/2018

Na Semana da Mobilidade, O POVO Online foi às ruas escutar histórias de quem se desloca de ônibus, a pé e de bicicleta em Fortaleza. Os entrevistados listaram benefícios e prejuízos de cada modal e compartilharam as razões da escolha para se locomover.

A partir dos depoimentos, reunimos uma lista sobre os fatos que só quem usa esses meios de transporte consegue perceber na Cidade e nos seus cotidianos. As atividades da semana que pensa a mobilidade urbana começaram no domingo, 16, e vão até sábado, 22, data em que se comemora o Dia Mundial Sem Carro. Hoje, confira cinco coisas que só sabe quem anda de bicicleta na Capital:
Leia mais: 5 coisas que só quem anda de bicicleta em Fortaleza sabe

A Bike Dinâmica, do Itaú, terá preço mais baixo das laranjinhas, com descontos aplicados conforme aumento do trânsito nas cidades
Publicado em: 18/09/2018 11:37 Atualizado em: 18/09/2018 11:43

Imagem: Itaú/Divulgação  
Imagem: Itaú/Divulgação

O Itaú Unibanco comunica seu apoio à Semana da Mobilidade 2018 com uma campanha de redução dos valores do Bike Itaú. Entre os dias 17 e 21 de setembro, as bicicletas compartilhadas do projeto serão disponibilizadas a preço reduzido variável, valor sempre sujeito à intensidade do trânsito nas cidades onde o serviço é fornecido pela Tembici (Bike Sampa, Bike Rio, Bike Salvador, Bike POA, Bike PE). Desde a última segunda (17), a relação dos preços pode ser conferida em tempo real nos diversos relógios de ruas e painéis de metrô pelas cidades. Quanto maior o trânsito nas cidades, menor o valor do plano diário.
Leia mais: Pernambuco recebe bikes com tarifas reduzidas

Por Redação Bike76 em 16 de novembro de 2018


Julia ditando o ritmo da prova. (Foto: Washington Alves/Exemplus/COB)

Julia Constantino fez barba, cabelo e bigode na edição 2018 dos Jogos Escolares da Juventude. Medalha de ouro nos 500m e na prova por pontos, nesta quinta-feira, dia 15, ela voltou a subir no alto do pódio da categoria 15 a 17 anos. Aluna do Colégio Olimpus, de Arapongas (PR), Julia venceu a prova de resistência, a mais dura do calendário da maior competição escolar do país.

Leia mais: Julia Constantino é destaque no ciclismo, de 15 a 17 anos, dos Jogos Escolares em RN

Por Luis Claudio Antunes em 18 de novembro de 2018

Após dois dias de disputa, foram conhecidos os medalhistas das provas de Velocidade Olímpica e Individual da 82ª edição dos Jogos Abertos do Interior ‘Horácio Baby Barioni, que este ano estão sendo realizados em São Carlos (SP). As principais equipes do Estado representam suas cidades nesta que é considerada a Olimpíada Caipira de São Paulo, sempre contando com atletas de renome em várias modalidades.

VELOCIDADE OLÍMPICA

O ciclismo de estrada entrou em ação no sábado (17), com as disputas da Velocidade Olímpica. Na 1ª Divisão, o trio de Indaiatuba, composto por Armando Camargo Leite, Wolfang Hipólito e Endrigo Pereira, conquistou a medalha de ouro.

A medalha de ouro havia ficando com Santos, mas um ciclista da equipe não terminou o percurso de 750 metros e isso acabou desclassificando a cidade, com a medalha de ouro indo para Indaiatuba e puxando os demais para cima.

Pódio masculino da Olímpica da 1ª Divisão. (Foto: Divulgação)

A prata ficou com São José dos Campos (Francisco Chamorro, Flávio Santos e Juan Amarilla) e o bronze foi para Ribeirão Preto (Cristian Egídio Rosa, Rodrigo Mello e Rafael Andriato).

Leia mais: Jogos Abertos 2018: ciclismo conhece medalhistas das provas de Velocidade